Approved Abstracts

Efeitos de concentrações ambientais de antinflamatórios na microalga de água doce Desmodesmus subspicatus



Author(s): Israel NG; Grott, SC; Rutkoski, CF; de Almeida, EA;
Presenter: Nicole Grasmuk Israel

O acesso facilitado da população aos fármacos levou a um aumento na contaminação de ambientes aquáticos por estes e seus metabólitos. Essa crescente poluição afeta os organismos aquáticos presentes no ambiente, como as algas que, além de serem importantes para a produção de oxigênio, são parte fundamental na cadeia alimentar, ou seja, qualquer dano sofrido por estas tem o potencial de afetar diversos outros organismos. Além disso, por responderem rapidamente às mudanças ambientais, as algas são muito utilizadas em estudos ecotoxicológicos. Diante disso, o trabalho teve como objetivo avaliar a toxicidade dos fármacos naproxeno, cetoprofeno, ibuprofeno e acetaminofeno, em concentrações detectadas no ambiente aquático, a partir da inibição do crescimento da alga verde Desmodesmus subspicatus e da análise de clorofila a, b e carotenoides. A biomassa algácea foi exposta às concentrações de 0, 0,01, 0,4, 0,8 e 500 µg.L-1 dos fármacos, durante 72 horas sob agitação leve constante, entre 100 e 175 rpm, em frascos Erlenmeyer em uma incubadora com iluminação acima de 4500 lux e temperatura entre 23 e 27° C. A absorbância da solução contendo o inóculo da alga, meio nutritivo, e o fármaco testado foi medida, por meio de espectrofotometria no comprimento de onda de 750 nm, ao final das 72 horas, de acordo com a norma ABNT 12648/2011 – Ecotoxicologia aquática – Toxicidade crônica – Método de ensaio com algas (Chlorophyceae), possibilitando assim verificar se houve inibição de seu crescimento. O teor de clorofila foi medido ao final das 72 horas, onde adicionou-se 10 mL de metanol a 90% para rompimento das células e liberação da clorofila, verificando a absorbância do sobrenadante nos comprimentos de onda (665 nm, 652 nm e 470 nm). Não foram observadas diferenças significativas no crescimento das algas para todos os fármacos avaliados, demonstrando que estes não possuem a capacidade de inibir o crescimento da alga verde Desmodesmus subspicatus nas condições do ensaio. No teste da clorofila a, b e carotenoides não ocorreram diferenças significativas nas concentrações testadas dos fármacos naproxeno, ibuprofeno e acetaminofeno, no entanto o cetoprofeno provocou um leve aumento no teor de clorofila, porém, não de forma significativa. As microalgas são muito utilizadas na ecotoxicologia, entretanto, os ensaios de toxicidade são agudos e, portanto, não representando a realidade ambiental onde as algas são expostas constantemente durante períodos mais longos. Além disso, os fármacos são de grande interesse para estudos ecotoxicológicos, porém estes também necessitam ser representativos da realidade, testando concentrações realmente relatadas na natureza e que geralmente se encontram na faixa entre ng. L -1 a μg. L -1, inferiores às já estudadas na literatura, que tomam como ponto de partida as concentrações de CL50 do fármaco testado, verificando efeitos tóxicos apenas na faixa de mg. L -1. Aumentos na clorofila podem representar um mecanismo de proteção a espécies reativas de oxigênio no cloroplasto, a fim de prevenir a peroxidação lipídica e auxiliar na sobrevivência das algas sob estresse. Ademais, deve-se levar em consideração que o ensaio é realizado em condições ideais e constantes para o desenvolvimento das algas. Em situações naturais, esses organismos sobrevivem em ambientes com diversos interferentes, tais como variações na luz, temperatura, pH, além da interação com outras substâncias presentes na água, que podem atuar de forma aditiva ou sinérgica, sensibilizando-os mais intensamente a poluentes.

Keywords: Micropoluentes; Matrizes ambientais; Clorofila

[back]



Confirmed
Speakers


Venue
HOTEL HIMMELBLAU

Hotel Himmelblau has a family tradition of over 40 years, operating and offering the very best in hospitality. Located in the central region of the city, we are close to the main attractions of Blumenau, next to Shopping Neumarkt and at a distance of 2km from Vila Germanica Park.

Rua 7 de Setembro - 1415 - Centro
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
CEP: 89010-203


Any questions?

Please send a message to us!