Approved Abstracts

UMA ANÁLISE FITOTÓXICA DO HERBICIDA GLIFOSATO (Round up®) EM SEMENTES DE RÚCULA (Eruca sativa).



Author(s): UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso; UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso;
Presenter: Amanda Bruna Neves Araújo

É de conhecimento que a agricultura no Brasil gera uma das mais significativas participações nos setores econômicos do país e do mundo. Na safra de 2020/21 a Companhia Nacional de Abastecimento publicou que o Brasil atingiu a maior produção da história, correspondendo 268,9 milhões de toneladas de alimentos, cerca de 4,6% a mais que a safra de 2019/20. Embora, o mundo esteja vivendo o colapso de uma pandemia causada pelo Coronavírus (Sars-Covid19), o Produto Interno Bruto da agricultura, no Brasil, não foi muito prejudicado, isto demonstra o quanto a agricultura é pujante no país. Todo o sucesso desse setor está alinhado a diversos fatores, dentre eles, o uso de agrotóxicos e o herbicida mais utilizado no país é o Glifosato. Em 2018, ele atingiu a marca de mais de 195 mil toneladas de vendas nacional. Entretanto, há uma preocupação dos cientistas quanto o seu uso, uma vez que não está claro a toxicidade dele, assim, pesquisas estão sendo realizadas com o intuito de analisar os efeitos do composto em diversos organismos. Logo, o objetivo do presente trabalho é avaliar a sensibilidade das sementes de rúcula (Eruca sativa) frente à exposição do herbicida Glifosato por meio dos parâmetros de germinação absoluta (%GA) e o crescimento relativo da raiz (%CRR). A análise foi feita usando 30 placas de petri de 90mm contendo 1,6 g de algodão e 20 sementes distribuídas uniformemente em cada, mantidas sob pH e temperatura constante e irrigada a cada três dias. As placas foram divididas em 6 grupos nas concentrações de: Controle (água da torneira, sem glifosato), 12,5% (1,8 g/L), 25% (3,6 g/L), 50% (7,2 g/L), 75% (10,8 g/L), 100% (14,4 g/L). Após sete dias de exposição, foram contabilizadas as sementes germinadas e medidas as que apresentaram radículas, hipocótilo juntamente com o epicótilo. Entre as concentrações de 12,5% (1,8 g/L) a 75% (10,8 g/L) a germinação absoluta apresentou uma diferença de 85% a 4% comparada ao do controle, enquanto que para as placas de concentração 100% (14,4 g/L), nenhuma semente germinou. Das germinadas com o composto Glifosato, poucas se desenvolveram, permanecendo apenas na fase haste e algumas apresentando folhas. Analisando o %CRR foi possível verificar que a maior porcentagem deu 6,73% para as concentrações de 12,5% (1,8 g/L) e para as demais concentrações o valor diminuiu até atingir a concentração de 100% (14,4 g/L), em que nenhuma semente germinou, logo, não foi possível medir a sua raiz. Nota-se que as sementes do controle apresentaram germinação e estrutura das plântulas mais saudáveis e efetivas comparada com as expostas ao Glifosato. Outros estudos científicos identificaram também a influência do composto no desenvolvimento de plantas, principalmente, neste estágio inicial o que interfere na produtividade da hortaliça. Desta forma, o Glifosato apresentou toxidade nas sementes de rúcula interferindo na germinação, no seu desenvolvimento e, principalmente, em doses muito altas, ocasionou a mortalidade das sementes. Assim, é necessário incentivar o desenvolvimento de novas tecnologias verdes para o campo como alternativa para uma agricultura mais sustentável e com menos agrotóxico.

Keywords: GLIFOSATO; FITOTOXICIDADE; RÚCULA

[back]



Confirmed
Speakers


Venue
HOTEL HIMMELBLAU

Hotel Himmelblau has a family tradition of over 40 years, operating and offering the very best in hospitality. Located in the central region of the city, we are close to the main attractions of Blumenau, next to Shopping Neumarkt and at a distance of 2km from Vila Germanica Park.

Rua 7 de Setembro - 1415 - Centro
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
CEP: 89010-203


Any questions?

Please send a message to us!