Approved Abstracts

Análise de fatores envolvendo a contaminação de águas para consumo humano por glifosato e nitrato



Author(s): SERGIO DOVIDAUSKAS; ISAURA AKEMI OKADA; FELIPE RODRIGUES DOS SANTOS; MARINA MIYUKI OKADA; RITA DE CÁSSIA BRIGANTI; MARCO ANTONIO MOREIRA SOUTO;
Presenter: Sergio Dovidauskas

Glifosato é um herbicida de largo espectro, muito utilizado na agricultura, silvicultura e controle de algas na água; em sua degradação produz principalmente ácido aminometilfosfônico (AMPA). Contamina a água superficial após seu uso direto em ambientes aquáticos e pelo escoamento ou lixiviação de solos nos quais tenha sido aplicado para fins agrícolas; a contaminação de águas subterrâneas também pode ocorrer, mas é menos provável devido à sua baixa mobilidade no solo. Estudos toxicológicos o indicam como disruptor endócrino, e a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer concluiu que é um provável cancerígeno, embora a Organização Mundial da Saúde avaliou que glifosato e AMPA possuem perfis toxicológicos semelhantes e de baixa toxicidade. Por outro lado, diversas ocorrências de contaminação por nitrato de águas subterrâneas têm sido relacionadas a padrões de ocupação urbana, como áreas em que essa ocupação é mais antiga ou com alta densidade populacional e presença de cemitérios, fossas desativadas e redes de esgoto inadequadas (em áreas rurais, a contaminação pode ser relacionada ao uso excessivo de fertilizantes e adubos). Sua presença em águas para consumo humano tem sido relacionada a alguns tipos de câncer e a metemoglobinemia. Para obter perfis de qualidade que caracterizassem as presenças de glifosato e nitrato, nesse trabalho foram investigados fatores que pudessem estar relacionados à contaminação de águas para consumo humano em áreas urbanas. Durante um ano foram analisadas 4.853 amostras de águas de 89 municípios da região nordeste do Estado de São Paulo, Brasil, em 23 parâmetros: coliformes totais, Escherichia coli, temperatura, pH, cloro residual livre (CLR), cor, turbidez, condutividade e concentrações de lítio, sódio, amônio, potássio, cálcio, magnésio, fluoreto, clorito, bromato, cloreto, nitrato, AMPA, sulfato, fosfato e glifosato. Para Análise de Componentes Principais (ACP) foram considerados também os seguintes dados demográficos de cada município: número de habitantes, Produto Interno Bruto per capita (PIBpc), Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e número de internações por diarreia no período. Como resultado, 151 amostras (3,1% do total) apresentaram contaminação por glifosato, enquanto nitrato apresentou concentrações superiores a 5 mg L-1 (expresso em nitrogênio) em 200 amostras (4,1%). Quando considerados dados físico-químicos e microbiológicos, os resultados de ACP mostraram que a concentração de glifosato está correlacionada positivamente com a concentração de nitrato, principalmente nos municípios que fazem uso exclusivo de manancial subterrâneo, além de se correlacionar com a condutividade e com as concentrações de cálcio, magnésio, cloreto, fosfato e CRL. Outro modelo ACP envolvendo essas 8 variáveis, as 4 variáveis demográficas e 50 municípios que fazem uso exclusivo de manancial subterrâneo, mostrou que os perfis físico-químicos das águas não são alterados significativamente com a inclusão das variáveis demográficas, mas glifosato e nitrato correlacionam positivamente com o número de internações por diarreia e negativamente com PIBpc, enquanto o número de habitantes e o IDHM mostraram pouca influência na Primeira Componente Principal, onde as variáveis glifosato e nitrato são importantes, juntamente com a condutividade e as concentrações de cálcio, magnésio, cloreto e fosfato. Usando dados obtidos em estudo anterior, foi possível mostrar que um modelo simples de Análise Discriminante Linear (envolvendo as variáveis condutividade e as concentrações de cálcio, magnésio, cloreto e nitrato) é capaz de predizer a vulnerabilidade às contaminações das águas subterrâneas dos municípios, auxiliando na identificação de locais comprometidos. Quando comparada à análise univariada (considerando apenas a concentração de nitrato), a análise multivariada exibiu informações mais completas e precisas sobre situações de risco e de potencial de risco e, quando variáveis demográficas foram incluídas, mostrou que pode auxiliar na interpretação da dinâmica da ação antropogênica sobre os mananciais subterrâneos. Apoio: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, processos 2017/24883-0 e 2018/20342-7.

Keywords: contaminação de mananciais; glifosato e nitrato; análise de componentes principais

[back]



Confirmed
Speakers


Venue
HOTEL HIMMELBLAU

Hotel Himmelblau has a family tradition of over 40 years, operating and offering the very best in hospitality. Located in the central region of the city, we are close to the main attractions of Blumenau, next to Shopping Neumarkt and at a distance of 2km from Vila Germanica Park.

Rua 7 de Setembro - 1415 - Centro
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
CEP: 89010-203


Any questions?

Please send a message to us!